OPONHA NOSSAS MÃOS AO TRÁFICO CANIBAL INTERNACIONAL!

Inglês, Espanhol, Russo, Francês, Alemão, Italiano tradução a seguir

Levante-se contra a criação de animais, esse comércio global canibal!

A criação de animais é o pai e a pior de todas as escravidões. Essa atividade criminosa vitimiza 99,9% des zooprimides. A luta animalista – uma prova que ainda não existe – deveria, portanto, necessariamente se sobrepor à luta contra a mal chamada « criação ». A cultura mizoona é realizada em pecuária, o que padroniza o genocídio. Metódico, industrial, premeditado, ciclizado: um holocausto global perpetuado pelo crime natalista. O macho sapiens colonizador do Corpo Fêmea realiza um extrativismo de nossa carne sensível, fazendo em sua fazenda uma fábrica de carrocerias, fazendo em sua fazenda um extermínio cíclico ao forçar o parto. O criador de animais é um explorador que faz do parto uma produção… Os culpados são esses homens que extraem poder simbólico e lucram com isso, todo pecuarista é um criminoso. Cada enjaulador é um carcereiro. Sexageiro, Estuprador ou Açougueiro também não podem ser ofícios.

A criação industrial imoral depende historicamente e eticamente da criação do pai que nunca foi gentil. O bucólico é uma propaganda do pastor que esconde seu cajado. O pastoralismo é violência. As animais pastando são assassinadas. Intensivos ou extensivos, sempre cativos apropriados. O gado não é um detalhe da história. As feras são todas selvagens antes de serem escravizadas pelos tiranos da espécie sapiens. A domesticação é malefício. Pecuária sendo escravidão, não pode se reformar, nem ajustar sua violência, mas deve ser abolida. Proibir o assassinato, o estupro, a tortura, danificando suas premeditações: isso é o que exige a resistência animalista. O industrialismo não é uma falha no sistema, é o sistema pecuariassassino que é a falha.

Essa escravidão da procriação é planejada por redes mafiosas internacionais, por multinacionais como Nestlé, Cargill, JBS. Das torturas eugênicas à industrialização dos estupros e à mercantilização da vala comum fragmentada, as perseguições ao povo zoofagizado não conhecem fronteiras. Abolir a criação é uma justiça que vai além da lógica do Estado. A resistência animalista será, portanto, necessariamente internacionalista. Os governos passam, as multinacionais ficam e impõem suas leis aos Estados-nação… Esta é a batalha mais importante das terráqueas contra a civilização animal canibal. Esta luta não tem outro endereço senão a Ética porque órgãos supranacionais como o Tribunal Criminal estão nas mãos de psicopatas comuns que atualmente orquestram o comércio de escravos de carne. Os tomadores de decisão não têm competência para sentir empatia, por isso são perigosos e devem ser demitidos. O foco argumentativo que repete que outros animais são seres sencientes – como um postulado racional para sua liberação – existe para camuflar que os zoopressores não têm precisamente essa sensibilidade. A inversão projetiva atinge o auge quando os medrosos suscitam dúvidas ao debater os fatos e quando esses mesmos falantes carecem das qualidades que negam às vítimas. O excepcionalismo do humanimacho é seu falocentrismo. Os CEOs não são adeptos das emoções, o que explica suas políticas necrófagas e absoluta incompetência para lidar com o ecocídio em curso. A ciência deve reconhecer que o planeta androcrático eleva mecanicamente ao poder aqueles que não são « sencientes ». O CEO da Nestlé, Mark Schneider, não sabe que existem as vacas. Devemos neutralizar esse homem rapidamente e impedi-lo de causar qualquer dano. Em um momento em que as doenças se espalham para campos infecciosos, a luta pela abolição da pecuária se junta à prevenção contra o suicídio de uma civilização. Ao empilhar animais sufocantes, o humanimal sufoca no hospital. A pecuária é viral, a prolificidade do campo de concentração inevitavelmente contagia os kapos que somos. Qualquer um que não sinta mais a alteridade deve ser rapidamente removido de todo o poder. A sexagem eugênica dos futuros mártires circula em todos os laboratórios especistas do Mundo ao mesmo tempo que uma fêmea dá à luz a cada segundo no corredor de um campo de assassinato. Deixe o zoocídio destrutivo parar, pois nossos alter egos não são comida. Os trustes fascistas devem ser desmantelados tanto em suas estruturas verticais de atores exploradores do zoolocausto quanto em suas estruturas horizontais geopolíticas cooptativas. A FAO está falhando em sua missão porque a pecuária está deixando o mundo faminto, a OMS está falhando em sua missão porque as pandemias são zoonoses intrínsecas ao crime pecuariassassino e zoofagia envenena. As Nações Unidas, os fantoches das multinacionais, são o problema, não a solução… Nenhuma instituição em vigor integra outros animais além delas mesmas em seu campo de consideração. Portanto, a esperança é insurrecional, porque os patrocinadores do crime nunca abolem o crime. A resistência fêmelista para ter sucesso deve ser mais do que um lobby, ultrapassar o cronograma reativo, deve enfrentar a fisicalidade do mal, incorporar suas afirmações…

Levante-se contra a pecuária!

Que nossas mãos se levantem para os bilhões de patas rasgadas! Que nossos dedos apontem para os inimigos da dignidade animal! Que nossos braços protejam as mulheres violadas! Que nossos punhos se oponham aos criadores de dor! Que nossos pulsos abram as fazendas! Que nossas ações repelam os violadores! Que nossos escritos chamem de tortura! Que nossos corpos se oponham aos zoopressores! Mãos para acabar com a pecuária AGORA! Os crimes sexopedospecistas devem parar! O criador deve ser impedido de raptar crianças e substituir-se aos touros, porcos, galos, patos, coelhos, carpas… Sem deuses, sem mestres, sem patrões, sem maridos! Femelistas o tempo que for preciso! Nossas mãos nunca deixarão de ser bandeiras novamente até a abolição universal da pecuária! Nossos polegares já estão abrindo as travas para liberar os prizooneiros políticos! A resistência das fêmeas contra o androspecismo está em andamento! Mizooginia em todo lugar, justiça em lugar nenhum: sejamos as bofetadas do ginolocausto! Que nossos tamancos possam sabotar os campos de concentração! Que nossas garras arranquem as cercas! Que nossas garras comprometam a dicktadura. Que nossas nadadeiras nadem para fora das fazendas de peixes!

Que nossos braços sejam asas!

Vamos ser as mãos de amanhã!

Agora!

TUTO : https://www.dropbox.com/sh/08jseqyv58royl1/AABmRdAlXuWMzxX3BmeYFLtQa?dl=0&fbclid=IwAR0VNPPCm4SrLZ_nY3icpZTCd1dqMw_IWiI2U-Le4bhBMH-_tg1rPtNZNfg&preview=Tuto+-+Portugu%C3%AAs+-+Hands+To+End+Husbandry.pdf

Levante-se contra a pecuária

Pare o holocausto natalista

Criação Abolição

A pecuária devasta o mundo

Sua carne tinha um rosto

Liberte-me

Pare o zoolocausto

Delate o zoocriminoso dele

Zoolocausto = Ecocídio  = Zoocídio

Revolução animal

Femelistas pelo tempo que for preciso

A liberdade não pode esperar

Até que cada animal esteja livre

O humanismo é um fascismo

Vamos abrir os caminhões de deportação

Vamos abrir as quintas

A pecuária é o macho sapiens

A pecuária é uma pandemia

O corpo animal é colonizado

Pare zoofagia

Criação: tráfico global de órgãos

Estupradores matam a Terra

Nenhum de nós é livre se apenas um de nós estiver enjaulado

Liberdade, Igualdade, Zoolidariedade

Não me boicote, liberte-me

Vamos libertá-los!

Sem reprodução, sem criação, fim da carnificina

Produtor de nada, estuprador e assassino de todes

Fêmeas contra o macho humano

Abolição universal da escravidão reprodutiva

Pecuaristassassino

Ainda pior do que um caçador: um criador de dor

Vamos abrir os campos de nascimento

A criação de animais é um açougue

A pecuária é uma guerra contra os animais

Piscicultura Abolição!

Pecuaristas = bioterroristas

A pecuária é liberticida

Pare a escravidão

Criação = Pai e pior de todas as escravidões

Carcereiro: profissão não

Não fique calme e abula a criação

Não fique calme e liberte todes es escraves

Amazoonas rebelião

Criadores culpados

Criação é escravidão

Leite é estupro / Carne é estupro

Pare a natalicídio

Pare de esmagar os animais

A pecuária mata a Terra

Em “açougue”, o que é que você não entendeu?

Eugenia Abolição!

A liberdade deles não deve ser implorada, mas restaurada!

Fêmeas, a Primeira Colônia …

A abolição da criação é uma luta feminista

Pare o estupro procriadoro dos animais

A pecuária é patriarcal

Liberte es prizooneires polítiques

Contra o sexagem

Fêmeas contra os estupradores

Insurgência para as fêmeas agora!

A pecuária é apocalipse

Eu sou galinha / porca / porco / pato …

Nestlé culpada de crimes contra a animalidade

Uma vaca não é um produto

Nenhuma carne deve estar à venda

O pastoralismo é uma violência

Intensivo, extenso, sempre cativo

Domesticação Abolição

O sequestro deve ser abolido

A pecuária ética não existe

Mi cuerpo no se vende no se viola no se come

O meu corpo não se vende, não se viola, não se come

Não há pecuária sem reféns

Para abolir a pecuária, liberte es escraves!

#HandsToEndHusbandry

Please follow and like us:
error